Dropshipping [O que é, Como Funciona e Como Montar a Loja]

O Dropshipping é um método que vem se mostrando muito eficiente para quem deseja empreender online mas sem ter de realizar um grande investimento inicial.

Com isso, é cada vez maior o número de pessoas que conseguem viver disso, garantindo uma excelente lucratividade todos os meses.

Isso sem falar também que é uma forma bastante segura de vender na internet, visto que exclui a necessidade de manter um estoque.

Portanto, se você também está querendo saber mais a respeito do dropshipping, como ele funciona e de que forma pode garantir sua rentabilidade mensal, continue lendo e vamos entender mais sobre o processo.

O Que é Dropshipping?

Como Trabalhar com Dropshipping

É um método de vendas online na qual o vendedor não precisa manter um estoque, sendo como um intermediador da venda.

Embora pareça algo complicado, a verdade é que o processo é todo muito simples.

Vamos imaginar que você é dono de uma loja virtual que trabalha pelo método do dropshipping.

Então, você escolhe um bom fornecedor e depois irá anunciar os produtos selecionados na sua própria loja virtual.

Assim que um cliente fizer a compra no seu site, você irá até o fornecedor e fará a encomenda do produto, e o fornecedor enviará diretamente o produto para o seu cliente usando as informações que ele deu no seu site.

Então, digamos que seu cliente pagou R$100 pelo produto e preço no fornecedor é de R$60, o seu lucro com essa transação foi de R$40.

Assim, você ganhará um percentual sobre todas as vendas e não terá de investir na compra de uma série de produtos para revenda e nem controlar o estoque.

Vale lembrar que o estoque é um dos maiores problemas de quem empreende, pois representa dinheiro parado.

Qual o Significado de Dropshipping?

Fazendo uma tradução livre, dropshipping quer dizer “livre de remessa” isso é, um modelo de comércio virtual no qual o responsável é isento de custos operacionais, tais como as entregas, que são feitas pelo fornecedor.

De fato, é uma excelente alternativa para quem deseja empreender online, afinal, é possível livrar-se de toda a parte logística do negócio.

É justamente isso que vem atraindo um número cada vez maior de empreendedores, pois as possibilidades são infinitas e as chances de ganho são grandes.

Contudo, claro, para que o negócio funcione corretamente conforme o esperado, é preciso contar com um fornecedor de confiança.

Como o Dropshipping Funciona na Prática

Pois bem, se você está interessado em entender mais a respeito do dropshipping e seu funcionamento, então chegou a hora de entender os detalhes a seu respeito.

Vamos entender a seguir como funciona o passo a passo do método:

  • Quem Vende Pega a Lista de Produto dos Fornecedores

Comumente os vendedores pegam a lista de produtos que os seus fornecedores têm disponíveis para anunciar. As atualizações podem ser feitas diariamente ou semanalmente, de acordo com a necessidade.

Contudo, o mais recomendável sempre é que elas sejam feitas de maneira instantânea e o cloud computing pode ajudar muito com isso.

O sistema faz a baixa do produto no estoque do fornecedor assim que ela é realizada no seu site, garantindo um estoque atualizado e com as informações corretas.

Em certos casos, o mesmo sistema já atualiza até na loja do vendedor, contudo, na maioria dos casos, o processo é feito manualmente mesmo

Nessa situação, é o próprio gesto que irá adicionar ou remover os produtos garantindo a segurança das informações para seus clientes.

  • O Cliente faz o Pedido na Loja Virtual do Vendedor

Em seguida vem a compra na qual o cliente escolhe o produto que deseja, se cadastra no site e efetua o pagamento.

As conversões aqui podem ser dadas pelo trabalho de marketing, lembrando que quanto maior for a prospecção, maiores serão os resultados também.

  • O Vendedor Faz o Pedido ao Fornecedor

Quando a compra é realizada na loja virtual, o vendedor deve repassar o pedido ao fornecedor, notificando-o sobre a compra. É preciso também transmitir os dados pessoais e outras informações necessárias para a entrega.

Vale lembrar que existem sistemas que fazem essa transmissão de forma automática, mas para quem está começando, o processo pode ser manual mesmo.

  • O Fornecedor irá Realizar as Entregas aos Clientes

Quando o fornecedor tiver todos os dados em mãos, irá processar o envio, mandando diretamente para o cliente o produto que ele comprou.

É interessante procurar um bom fornecedor, que possa oferecer suporte reparo ou assistência técnica, dependendo do tipo de produto.

Com isso, o vendedor pode ficar livre de todos os processos que acontece depois que o negócio é fechado.

Outro ponto importante na escolha do fornecedor de qualidade, é entender que ele é o responsável pela sua reputação.

Se o produto não for de qualidade, se não for como prometido, se não funcionar corretamente ou qualquer outro aspecto, a credibilidade do vendedor é que será prejudicada.

Principais Benefícios que o Dropshipping Oferece

Vantagens de fazer Dropshipping

Se você chegou até aqui, já sabe que o dropshipping tem uma grande variedade de benefícios.

De fato, esse modelo de negócio é muito mais vantajoso do que outros que já estão estabelecidos atualmente.

Vamos entender melhor quais são todas essas vantagens:

  • Investimento e Capital Mais Baixos

Sem dúvidas, o maior ponto positivo do dropshipping é que ele é acessível, pois não requer um grande investimento inicial, nem matéria-prima ou mão-de-obra.

Mais do que isso, até quem não tem muito conhecimento na área pode começar o seu empreendimento.

Isso porque a venda pode ser feita até mesmo através das redes sociais, para quem não sabe fazer um site.

Isso quer dizer que o dropshipping permite começar mesmo que os recursos sejam limitados.

  • Começo Rápido

Criar o seu negócio e começar a vender é algo simples, bem como as negociações e vendas, que ocorrem rapidamente.

Portanto, outra vantagem é que você pode começar e já ter resultados em pouco tempo.

Por isso que muitas pessoas procuram esse tipo de empreendimento!

  • Não Precisa de Local Físico

Quando você trabalha com dropshipping, o seu negócio acontece inteiramente online.

Você não precisa de um lugar físico, apenas de um celular ou outro dispositivo que tenha acesso à internet.

Isso porque o estoque é da responsabilidade do fornecedor e não sua!

  • Pós-vendas

Alguns dos processos do pós-vendas são da responsabilidade do fornecedor, tais como devoluções, trocas, suporte, entrega e até atendimentos.

Com você pode ficar a parte de manutenção do cliente, envio de novas ofertas e outros

Sem dúvidas, essa é mais uma facilitação do processo, facilitando a gestão do seu negócio.

Dropshipping Tem Algum Risco?

Muita gente critica o dropshipping, mas a verdade é que isso não passa de falta de informação.

Acontece que, tal como qualquer modelo de negócios, esse serve para alguns e não serve para outros, porém, se trata de uma forma de faze negócios como qualquer outra.

Muitos não tem a real noção sobre taxas de envio internacional ou não conhecem os custos decorrentes de um e-commerce.

Como em qualquer empreendimento, certas cobranças podem acabar tornando um empreendimento inviável, não sendo fácil trabalhar com certas categorias de produtos.

Outro ponto é que lidar com estoque de outras pessoas (fornecedores) não é algo simples e você pode acabar tendo alguns problemas com as entregas em alguns casos.

Contudo, claro, qualquer negócio tem seus riscos e vamos entender mais alguns que podem ser associados ao dropshipping:

  • Margem de Lucro Pequena

Os ganhos desse mercado normalmente acontece por meio de comissões, portanto, a margem de lucro pode ser baixa em alguns casos.

Isso porque há muita concorrência e muitos vendedores oferecendo produtos com preços bem abaixo do mercado como uma forma de conseguir se estabelecer.

Mesmo assim, existem formas de contornar a situação, podendo personalizar a loja ou trabalhar de forma mais nichada, atingindo a um público especificamente.

  • Gerenciamento de Estoque

Se você tem seu próprio estoque, tem o total controle dos itens que estão lá e controla o que sai e o que entra.

Quando o estoque é do fornecedor, você não terá controle sobre ele, portando fica mais difícil saber da disponibilidade de produtos ou quando um pode se esgotar.

Por isso, há o risco de perder uma venda porque o fornecedor não tinha mais o item para envio.

Claro que isso pode ser minimizado com o uso de aplicativos que fazem a sincronização instantânea de estoques.

  • Custos de Envio

É possível trabalhar com fornecedores diferentes, o que pode ser uma vantagem, mas também um problema.

Isso por causa das variações nos valores referentes ao envio. Assim duas camisas podem ter custos de envio bem diferentes, dependendo do fornecedor de cada uma delas.

Isso pode gerar insatisfação nos clientes!

Como Começar a Empreender com Dropshipping?

Se você está decidido a empreender com o dropshipping, vamos conhecer a seguir o passo a passo que você deve seguir para começar:

  • Encontre um Mercado com Demanda

Encontrar um bom nicho de mercado é bem difícil para alguns empreendedores, especialmente quando tiramos a exclusividade da equação.

Isso porque um produto que é vendido por dropshipping já está no mercado. Nesse caso, é preciso procurar uma forma de se diferenciar para que seja possível chegar aos resultados esperados.

Escolher um nicho bem específico e desenvolver uma persona é essencial para ir bem.

  • Fornecedor com Boa Reputação

Encontrar um fornecedor de boa reputação é a próxima etapa do processo para trabalhar com dropshipping.

Observe sempre a reputação do fornecedor, pois existem alguns bons e alguns ruins. Pesquisas em fóruns específicos ou até mesmo no Google pode ajudar

Essa espata é importante pois poderá ser a diferença entre o sucesso e o fracasso da sua jornada empreendedora.

  • Registrando o Domínio

Se você vai criar um e-commerce, precisa ter uma página com o domínio registrado e isso é praticamente obrigatório.

Além de passar credibilidade é o registro da sua marca no mundo virtual, sendo algo bem acessível pago por ano.

  • Provedor de Hospedagem

Depois de ter o domínio, é interessante procurar um serviço de hospedagem.

Vale lembrar que são muitas as empresas disponíveis atualmente no mercado, sendo que algumas delas até já incluem o domínio também.

O mais importante é pesquisar os planos e ver qual é o que melhor atende suas necessidades.

Se tiver a possibilidade, opte sempre por aqueles com certificado de segurança (SSL) e com backup automático.

  • Adicionando os Produtos

Agora é a hora de começar a adicionar seus produtos, de acordo com a listagem oferecida pelo seu fornecedor.

Se conseguir, já deixe os processos todos automatizados, pois evita a necessidade de estar constantemente envolvido para fazer atualizações e ajustes.

Fazendo isso, você também pode voltar todas as suas energias para a divulgação, elevando suas estradas e ganhos.

Vantagens e Desvantagens do Dropshipping

Pois bem, como você já deve imaginar, uma das modalidades de dropshipping tem lá suas vantagens e suas desvantagens, como é o esperado.

Muita coisa também vai depender dos seus objetivos e das estratégias de marketing que irá usar. Veja mais:

  • Vantagens

Considerando o dropshipping, a maior vantagem é a diminuição dos custos relativos ao envio. Isso porque os Correios realmente não ligam para o comerciante quando o assunto são as entregas do exterior.

Dessa forma, escolher uma opção mais local é bastante vantajoso nesse sentido.

Contudo, é necessário considerar o perfil do consumidor e se você entender que ele está disposto a arcar com os custos de envios internacionais, isso não será um problema.

A maior vantagem é que, nesse segundo caso, você operaria em nichos possivelmente mais específicos, logo, com uma concorrência mais baixa.

  • Desvantagens

Nacional ou internacional, operar com dropshipping e algo um tanto difícil de prever.

Então, por mais confiável que o fornecedor possa ser, é possível que vez ou outra ocorra algo problemático com relação ao estoque, como a falta de uma peça.

No caso de produtos com alta demanda, a chance de isso acontecer é ainda maior.

Mais do que isso, se você for trabalhar com mercadorias que sejam feitas e/ou desenvolvidas por outras pessoas, correrá o risco e oferecer um produto do qual você não tem o total conhecimento a respeito.

O consumidor tende a ser bastante observador nesse aspecto, desconfiando quando encontra alguém vendendo algo que não domina.

Como Escolher um Bom Fornecedor?

Encontrar fornecedores de Dropshipping

Quem quer trabalhar com dropshipping precisa saber que no nosso país há uma grande variedade de fornecedores.

Contudo, você ainda tem a opção e trabalhar com aqueles internacionais, como AliExpress, o famoso da China.

Embora as oportunidades sejam muitas e variadas, a dica é sempre tomar muito cuidado porque não e apenas o preço que deve ser considerado.

Fatores como qualidade, taxas de distribuição e importação, bem como tempo de entrega devem ser consideradas.

Alguns deles podem até inviabilizar um negócio, portanto, é preciso atenção máxima.

Na hora da escolha, prefira aquele que tem o melhor conjunto de entrega, qualidade, atendimento e boas avaliações.

Pois bem, agora você já sabe o que é o dropshipping, como começar sua loja, como escolher fornecedores e todas as vantagens e desvantagens do método!

Deixe seu comentário