Copywriting: O Que é, Como se Tornar um Copywriter? [ GUIA ]

Hoje em dia, com a produção de conteúdos tão necessária na internet, o copywriting tem sido um assunto bastante comentado. No entanto, é fato que muita gente não sabe exatamente do que se trata e é justamente sobre isso que falaremos aqui logo a seguir.

O que acontece é que para conseguir ser bem sucedido na internet, é preciso conseguir também atrair as pessoas até você e nada melhor do que o conteúdo para isso.

Nesse caso, usar as técnicas corretas de copywriting é a melhor alternativa para fazer com que os visitantes realmente executem a ação que você deseja.

Outra realidade também muito comum é que muitos empreendedores encontram dificuldades para escrever e desenvolver os seus próprios conteúdos e gera um grande desafio para a empresa.

Isso porque é preciso escrever de uma maneira convincente, que seja capaz de estimular o visitante a fazer algo.

Então, considerando tudo isso é que vamos ver a seguir o que é copywriting, quais as técnicas usadas e como empregá-las corretamente para ter resultados positivos para o seu negócio.

Ficou interessado? Então continue lendo e descubra todos os detalhes sobre o tema logo a seguir.

Para Começar, o que é Copywriting?

O que é Copywriting

De uma forma bem simples, o copywriting é a técnica usada para produzir um conteúdo que tenha foco em levar o leitor a realizar uma ação que você deseja.

Em outras palavras, consiste na arte de escrever um texto que vende!

Primeiramente, temos que lembrar que a produção de um artigo para sua página tem um propósito e uma função, correto? O objetivo de criar um conteúdo é mobilizar o seu público-alvo e convencê-lo de que realizar a ação que você deseja é o melhor para ele.

Então, o principal objetivo é produzir um texto envolvente, que pode ser um slogan, o e-book, um blog, um e-mail e outros, mas que tenha o poder de incentivar seus leitores a fazer uma compra, uma inscrição, um download ou o que quer que você precise que eles façam.

Tudo isso porque o principal objetivo do marketing digital é atrair o público certo até você, gerando um relacionamento que, posteriormente, vai se consolidar por meio da venda.

Isso e é completamente diferente do que acontece com o marketing tradicional, que tem uma abordagem direta e considerada até mais agressiva por muitos.

Então, o copywriting é a ferramenta utilizada para influenciar no processo de vendas, visto que cada um dos textos produzidos tem a intenção de levar o leitor a fazer algo, mesmo que não seja diretamente.

Por todos esses motivos é que, se você quer mesmo ganhar dinheiro com seu negócio online, precisa do copywriting com você!

E Copywriter, o que é?

O que é Copywriter

Se copywriting é a técnica de escrita que foi descrita acima, o copywriter é a pessoa que emprega essa técnica. Em outras palavras, se trata do profissional especializado na técnica.

Sendo assim, o redator que possui uma escrita persuasiva e focada nas vendas de forma sutil mas objetiva, levando o leitor a realizar uma ação, é um copywriter.

Para isso, claro, é preciso dominar bem essa técnica de escrita, comunicando da maneira correta e tocando bem nos pontos de interesse de cada público-alvo.

Então, o copywriter é o profissional que domina a arte de escrever de maneira persuasiva, direta e sutil ao mesmo tempo, para estimular o leitor a fazer algo.

Há Diferença Entre Copywriting e Redação Publicitária?

Sim! De uma forma geral, o conteúdo de copywriting sempre tem uma forte chamada para ação e o seu objetivo é realmente esse. Já a redação publicitária tende a ser algo mais velado e menos direto.

É por isso que o copywriting é uma técnica muito mais útil para quem trabalha com marketing digital e estratégias de atração, como o Ibound marketing.

Isso porque, nesses casos, o processo de persuasão de vendas é um pouco mais longo, enquanto a redação publicitária usa técnicas para uma venda mais direta.

Isso não significa que são técnicas completamente distintas, visto que um se originou do outro, como uma forma de evolução mais voltada para a realidade do digital.

Qual é o Propósito de Usar Copywriting?

Considerando que a chamada para ação (CTA, do inglês Call to Action) é um dos principais elementos presentes nessa técnica, podemos intender que durante a jornada do cliente ele terá que realizar diversas ações.

Vale lembrar que quando falamos em ação do cliente, isso não significa uma venda em si. A ação pode ser ele se inscrever para receber uma newsletter, fazer parte dos membros de uma página, realizar um download, navegar na página vendo mais de uma postagem no mesmo acesso e outros.

Portanto, pode-se dizer que o principal objetivo do copywriting é conquistar o leitor e estimulá-lo em ações específicas que você deseja que ele realize.

Assim, você irá educar a sua persona a respeito de um determinado serviço ou até produto, para que fique claro que seu negócio tem a melhor solução para o problema do leitor.

Ter conteúdos ricos, atraentes e de excelente qualidade é o melhor caminho para isso!

Como um Copywriter Poderá Trabalhar?

Trabalhando Pela Internet

Se você leu até aqui, já se deu conta que essa é uma profissão muito versátil e vasta. Portanto, esse profissional pode trabalhar escrevendo para os mais variados canais, em diferentes mídias e em diversos formatos.

Vamos entender melhor essas opções logo a seguir:

  • Criação de Anúncios

Sejam para o meio digital ou offline, os anúncios sempre têm a venda de um produto ou serviço como seu principal propósito. É por esse motivo que profissional copywriter está habilitado para a criação das mais variadas peças, incluindo anúncios.

  • Artigos Para Blogs

Com toda a certeza esse é um dos nichos mais frutífero para quem trabalha com copywriting. Se desenvolve mais e mais, todos os dias a quantidade de conteúdo produzido parra blogs e sites.

Isso porque os blogs, atualmente, são ferramentas muito importantes para que as empresas possam divulgar seus conteúdos e criarem uma presença relevante no ambiente digital.

Da mesma forma, o conteúdo que é produzido por elas pode também ser voltado para ações e, por fim, para conversões.

Por isso é importante que os testos de um blog sejam escritos por alguém que tenha conhecimento na área do copywriting.

  • Landing Pages

Uma forma de abordagem em texto, mais curta, mas igualmente importante, as landing pages são essenciais para a criação de campanhas específicas.

Portanto, ela tem como propósito, na maioria dos casos, gerar uma conversão, que pode resultar em uma venda ou apenas a conquista de um lead.

É por isso que esse texto precisa ser muito bem construído e desenvolvido, usando a estratégia correta para estimular o cliente a realizar a ação que você espera.

  • Roteiro Para Vídeos

Sabe aqueles vídeos persuasivos, que você assiste e já sente desejo de comprar o produto ou contratar o serviço na mesma hora? Possivelmente eles contam com um bom trabalho de escrita persuasiva por trás.

Assim, vemos que a técnica pode ser aplicada também em conteúdo falado e não apenas conteúdo escrito.

Por isso, uma das formas de trabalhar nessa área, é elaborando roteiros criativos e atrativos para vídeos, lançando mão das técnicas necessárias para persuadir a sua audiência.

  • E-mail Marketing

É muito grande o número de pessoas que ainda tem dúvidas sobre o poder do e-mail marketing e a verdade é que eles são muito eficiente para orientar e levar o seu lead a avançar nas etapas do processo.

No entanto, para que essa ferramenta de extrema importância para o marketing digital funcione, é preciso que ela tenha um conteúdo desenvolvido com excelência e sabemos que nem sempre isso acontece.

Então, fique sabendo que esse é mais um dos nichos que o copywriter pode atuar, criando uma estratégia persuasiva para que a ferramenta seja mais eficiente.

O que não é Legal Usar em Uma Copywriting?

Até agora já falamos muito sobre o copywriting, o que ele é, do que se trata e qual o seu objetivo dentro do marketing digital. Porém, ainda não falamos sobre o que não pode ser considerado copywriting.

Então, para ajudar a deixar tudo ainda mais claro para você, vamos ver a seguir o que não pode ser considerado técnica de copywriting;

  • Falta de Credibilidade

Uma boa estratégia é aquela que começa pela construção de uma boa credibilidade. Mais do que isso, o conteúdo em si tem que transmitir credibilidade, para que o leitor não desconfie do seu empreendimento.

Sendo assim, de nada adianta oferecer um texto bem escrito e com boa gramática, se o seu negócio ou o que você está tentando vender não transmitem credibilidade.

Então, trate de sempre construir uma boa relação com a sua audiência e esteja ciente de que isso não vai acontecer de uma hora para outra. No entanto, é um investimento que vale a pena, pois garante seu sucesso futuro.

  • Texto Fraco ou Ruim

Ninguém quer ler um texto ruim, com problemas de concordância, erros gramaticais gritantes e que traz frases desconexas e sem sentido.

Por isso, não se pode considerar copywriting um texto fraco, que não envolve, que não persuade, que não estimula o cliente a agir.

Sendo assim, o conteúdo deve ser fluido, coerente, sem erros gramaticais e, claro, com um bom vocabulário.

Então, a dica é sempre apostar em um profissional que realmente entende do assunto, contratando redatores especializados na área.

  • Ter Muita ou Pouca Informação

Se a pessoa acessa o conteúdo e a informação é pouca ou fraca, ela não fica. Se ela acessa o conteúdo e tem informação demais, de forma desorganizada e confusa, ela também não fica.

Por isso, é essencial saber dosar a quantidade de informações oferecidas e um bom copywriter sabe fazer isso.

Lembre-se ainda que mesmo tendo um público-alvo, sua audiência é feita de sub públicos que tem suas peculiaridades. Então, aposte em diferentes formas de abordagens para atingir o seu objetivo.

A Importância de Aplicar as Técnicas de Copywriting

Chegando até aqui você já percebe que o copywriting tem um papel de suma importância para o sucesso dos empreendimentos do marketing digital, não é mesmo?

Portanto, caso não conheça bem esse mundo e não domine essa técnica, é indispensável se aprofundar no assunto ou contratar alguém que saiba pois o seu sucesso depende disso.

Lembre-se sempre que ninguém aguenta mais aqueles anúncios que simplesmente ofertam um produto de maneira direta e até impositiva. Essa é uma técnica que, atualmente, já não convence mais as pessoas!

É por isso que o copywriting é tão importante, pois leva o cliente a tomar a ação por vontade própria, porque ele entendeu que o que você está oferecendo é realmente a melhor solução para o problema que ele tem.

Dicas Para Conseguir os Melhores Resultados Aplicando as Estratégias de Copywriting

Profissional de Copywriting Experiente

Agora vamos para o que interessa e começar a ver dicas e recursos para que você consiga os melhores resultados usando as técnicas de copywriting ao seu favor:

Título

O título é a sua primeira chance de causar uma boa impressão e é o que vai atraí-lo (ou não) quando ele fizer a busca usando uma palavra-chave que você abordou.

Então, capriche sempre no título, não importa se estamos falando de vídeo, texto de blog, e-mail marketing ou outros. Modelos de títulos:

  • Diretos: que são certeiros na palavra-chave de pesquisa
  • Indiretos: com foco em aguçar a curiosidade do leitor
  • Com voz de comando: como uma ordem ao leitor, fazendo uso de verbos imperativos
  • Com perguntas: trazem em questionamento para que leitor acesse e descubra a resposta
  • Como fazer: um dos mais utilizados e tem diversas aplicações
  • Notícia: garantem uma novidade ou informação nova ao leitor
  • Prova social: testemunho de alguém que fala sobre o produto ou serviço, normalmente escrito em primeira pessoa.

Dimensão Ideal Para um Texto

É fato que não existe um tamanho considerado ideal ou específico, sempre lembrando que o copywriting  deve ser relevante, de qualidade e responder ao que se propõe.

Um texto curto e incompleto não serve, mas um que seja longo e cheio de enrolação também não servirá.

No entanto, acontece que os textos mais longos fazem com que a audiência permaneça mais tempo na página e isso é bom. Portando textos mais longos são mais indicados para produtos mais caros.

Já os textos menores você poderá utilizar para promoções ou produtos mais simples, que não requerem tantas explicações.

Como Desenvolver um Conteúdo Persuasivo de Verdade?

O primeiro passo, antes de tudo, é compreender que uma estratégia de persuasão irá sempre contemplar alguns pontos fundamentais, até mesmo quando o propósito e foco principal nem é a venda.

É obvio que nas páginas de vendas essas técnicas aparecem mais claramente, visto que o objetivo é o de convencer o leitor a comprar. No entanto, seja qual for o propósito do copywriting, as técnicas de persuasão nunca devem ficar de fora.

Com isso em mente, vamos conhecer quais são esses recursos indispensáveis para um conteúdo persuasivo:

  • Foco na audiência

O leitor deve sempre entender que o motivo para ler aquele texto, portanto, é essencial que o seu conteúdo cumpra com todas as promessas feitas no título ou na sua introdução.

  • Credibilidade

Conforme já foi explicado, a credibilidade é um recurso que faz toda a diferença entre seu sucesso e seu fracasso. Todo mundo prefere quem tem credibilidade e isso não deve nunca ser deixado em segundo plano.

Para alcançar e conquistar a tão sonhada credibilidade, as provas sociais das quais falamos antes são ótimas estratégias de copywriting, bem como depoimentos de outras pessoas que tiveram os resultados esperados.

  • Objetivo

O conteúdo deve ter uma finalidade bem definida e é por isso que parte menor dele pode ter um objetivo menor, mas deve sempre remeter à finalidade principal.

  • Sempre Responda as Perguntas Criadas

Se você começou seu conteúdo criando uma variedade de perguntas, sempre desenvolva uma resposta perfeita para todas elas. Caso contrário, a sua credibilidade poderá diminuir.

Como Desenvolver um Conteúdo com o Propósito nas Vendas?

Não há dúvidas de que além de fazer tudo o que já explicamos acima, os copywritings voltados para a conversão também devem usar algumas estratégias mais específicas para a venda.

Vamos conhecer cada uma delas logo a seguir:

  • Ligação

Uma boa forma de fazer a audiência querer comprar é criando uma conexão com ela. Uma ligação emocional pode despertar algo positivo no leitor e fazer com que ele entenda que também pode conseguir os resultados que espera.

  • Urgência

Esse gatilho normalmente funciona muito bem e é um dos mais irresistíveis, pois faz o público-alvo acreditar que ele tem que realizar a ação logo para não perder a oportunidade.

Isso desperta a sua curiosidade, o estimula à compra e acelera um pouco o processo.

  • Exclusivo

O seu público-alvo precisa perceber que não é tão fácil ou simples conseguir o seu produto ou seu serviço em outros lugares. Para isso, o seu copywriting deve mostrar que ele vai adquirir algo que é único, exclusivo e para poucos.

  • Transformação

Essa estratégia irá ajudar a sua audiência a ver como ela poderá se transformar depois de usar a solução que você está oferecendo. Então, o principal propósito do copywriting deve ser o de estimular no leitor essa vontade de conquistar a mudança desejada.

Lembre-se constantemente de deixar bem explícito que a mudança só ocorre se as instruções forem seguidas corretamente.

  • CTA

Essa estratégia é aquela que serve para deixar claro o que você deseja que o seu visitante faça. É o famoso “Clique aqui para saber mais…”

Com toda a certeza esse é um recurso totalmente indispensável e potencializa bastante a taxa de conversão da sua página.

Passos Infalíveis Para Multiplicar as Conversões com as Técnicas de Copywriter

Melhorar a Taxa de Conversão

O copywriting é uma estratégia muito ampla, mas que se for usada da maneira correta, certamente vai dar excelentes resultados para o seu empreendimento, garantindo um aumento no seu índice de conversões.

Para isso, vamos conhecer a seguir alguns passos básicos e indispensáveis que você precisa seguir:

  1. Cuidado

É essencial que a sua estratégia seja estruturada tendo a venda como foco e não o conteúdo por si só. Entender isso representa um grande progresso para a aplicação da técnica.

Isso não significa que o conteúdo não é relevante. Muito pelo contrário, ele é de suma importância para que a venda aconteça, então, cada parte dele deve ser pensada com esse propósito.

O título deve fazer a pessoa querer largar tudo que ela está fazendo para acessá-lo.

  1. Empatia

Criar empatia no leitor é algo que ajuda ele a se conectar com você e com o seu conteúdo. Por isso, a dica é sempre apelar para o uso da emoção, lembrando que as pessoas se conectam com outras pessoas e não com produtos, marcas e etc.

  1. Problema

Um bom conteúdo de copywriting deve abordar os problemas do seu público-alvo e discorrer sobre o que a pessoa está passando, sendo essa mais uma forma de gerar uma conexão.

O seu conteúdo também pode falar sobre os problemas que podem vir e contextualizar a situação toda. Um apelo ao medo das consequências desse problema também pode ser útil, mas de maneira comedida.

  1. A Resposta Ideal

Depois de entender bem o problema, é o momento de trazer a solução para a sua audiência. Então, você irá mostrar tudo aquilo que o seu produto ou serviço pode fazer (e fará) pelo leitor, explorando ao máximo todo o seu potencial.

  1. Proposta

Aqui o copywriting deverá fazer a oferta de venda, sem medo e sem impedimentos. Lembre-se que o seu conteúdo foi estruturado e construiu um lindo caminho para chegar até aqui.

Lembre-se também que a solução que você está ofertando não é o seu conteúdo, portanto, ele não é o foco e sim o meio para chegar até o seu produto.

Então, no momento da oferta, ofereça garantias reais de que o que você está ofertando realmente funciona, de que é mesmo eficiente e que se a pessoa não ficar satisfeita, ela tem alternativas.

Por fim, nunca esqueça que o copywriting é uma ferramenta incrível e entenda que se você ainda não está utilizando ela, está perdendo tempo e deixando de ganhar muito dinheiro.

Aposte nessa técnica e garanta o total sucesso do seu empreendimento digital com um copywriting de qualidade!

Deixe seu comentário